PROJECTS

InnoCreteTech

Resiliência climática da indústria da construção através de tecnologias de valorização de resíduos - Soluções inovadoras de betão

  • Project code
    EXPL/ECI-EGC/1585/2021
  • Approval date
    15/10/2021
  • Start date
    01/01/2022
  • Conclusion date
    30/06/2023
  • Promotor
    Itecons
  • Intervention region
    Região Centro
  • Total eligible amount
    50.000,00 €
  • National/regional public financial support
    Orçamento de Estado - 50.000,00 €
  • Funding

ENQUADRAMENTO

O betão é um dos materiais mais consumidos em todo o mundo, contabilizando cerca de 8% das emissões antropogénicas de dióxido de carbono (CO2) no planeta. Além das emissões de CO2, outro problema latente nas indústrias do cimento e da construção civil é a sobre-exploração de recursos naturais, tanto para o fabrico de cimento como na produção de outros componentes do betão, tais como agregados minerais. Neste contexto, torna-se necessário o desenvolvimento de soluções alternativas com impacto positivo (regenerativas) ou com impacto reduzido (sustentáveis). O projeto tem como objetivo mapear, caracterizar e divulgar informação técnica e científica sobre os resíduos e subprodutos industriais portugueses disponíveis, apoiando a seleção das melhores tecnologias de transformação para o desenvolvimento de materiais de construção inovadores regenerativos e sustentáveis. Assim, este projeto propõe uma Metodologia de Valorização de Resíduos que permita avaliar os resíduos e subprodutos em função de diferentes tecnologias.

 

OBJETIVO PRINCIPAL

Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação.

Alinhado com os modelos de economia circular incentivados pela Comissão Europeia, que prevê tanto a redução dos resíduos gerados como a reutilização dos mesmos, este projeto tem como principal objetivo, a valorização de resíduos e subprodutos industriais através de tecnologias inovadoras em soluções de betão.

 

ATIVIDADES DO PROJETO E RESULTADOS ESPERADOS

O projeto InnoCreteTech tem duração total de 18 meses, prevendo-se que os trabalhos decorram de acordo com a seguinte estrutura:

Tarefa 1 - Identificação e mapeamento de resíduos e subprodutos
Com esta tarefa, pretende-se efetuar o levantamento detalhado de resíduos e subprodutos nacionais, com vista desenvolver um catálogo georreferenciado da disponibilidade quantitativa e respetivas alternativas de valorização dos diferentes resíduos.

Tarefa 2 - Caracterização de resíduos e subprodutos e seleção de tecnologias
Nesta atividade pretende-se realizar a caracterização físico-química dos resíduos e subprodutos previamente identificados, com o objetivo de selecionar as melhores tecnologias de valorização dos mesmos.

Tarefa 3 - Potencial e grau de reatividade por modelação numérica e validação experimental
Esta atividade tem como objetivo o desenvolvimento e implementação de modelos numéricos de simulação do potencial de reatividade das tecnologias previamente selecionadas. Prevê-se, ainda, avaliar o grau de reatividade através de validação experimental dos modelos.

Tarefa 4 - Validação técnica e de sustentabilidade de soluções inovadoras de betão
Esta atividade visa desenvolver e testar diferentes protótipos tendo em vista a validação técnica de diversos requisitos considerando a aplicação, funcionalidade, eficiência e durabilidade. Prevê-se, ainda, a realização de um estudo de avaliação de ciclo de vida que permita evidenciar o desempenho ambiental dos produtos desenvolvidos.