PROJETOS

SUBSEAPIPE

Compósitos de cimento e cortiça para desempenho térmico melhorado de oleodutos para águas ultraprofundas

  • Código do projeto
    POCI-01-0145-FEDER-032108
  • Data de aprovação
    18/07/2018
  • Data de início
    01/10/2018
  • Data de conclusão
    30/09/2021
  • Custo total elegível
    239.896,18 €
  • Apoio financeiro da União Europeia
    FEDER - 119.666,88 €
  • Apoio financeiro público nacional/regional
    Orçamento de Estado - 120.229,30 €
  • Financiamento

Desenvolver um compósito cimentício de cortiça com o objetivo de melhorar o desempenho térmico e mecânico em oleodutos para exploração petrolífera.

 

ENQUADRAMENTO

A maioria das empresas petrolíferas tem demonstrado interesse em explorar óleo e gás em águas profundas e ultraprofundas. Explorações deste tipo na costa do Brasil têm sido reconhecidas internacionalmente devido, não apenas às descobertas contínuas dos campos de petróleo offshore, mas também à experiência em tecnologia de águas profundas. Além dos problemas relacionados com a perfuração nos campos do pré-sal, a distâncias de mais de 300km da costa e águas com profundidade superior a 2,5km, colocam-se novos desafios nas operações de transporte do petróleo e gás para terra. Estes ambientes impõem que os oleodutos sejam dotados de adequado isolamento térmico, que garanta o escoamento e não comprometa a facilidade de operação e instalação.

 

PRINCIPAIS OBJETIVOS

Desenvolver e otimizar um novo compósito cimentício flexível, integrando grânulos de cortiça, que garanta um elevado desempenho estrutural e térmico dos oleodutos sanduíche para transporte de óleo/gás em águas profundas.

 

ATIVIDADES DO PROJETO

As atividades do projeto abrangem todo o processo de desenvolvimento desde a seleção de materiais e desenvolvimento do compósito, até ao comportamento estrutural e termodinâmico dos oleodutos. As propriedades termomecânicas do oleoduto e do compósito, bem como a durabilidade do compósito, serão analisadas experimentalmente, complementadas por simulações numéricas do comportamento estrutural e da transferência de calor através e ao longo do oleoduto. O projeto SubSeaPipe tem como objetivo desenvolver um material de base cimentícia integrando cortiça que possa oferecer uma solução otimizada para o oleoduto sanduíche que permita, de uma forma mais eficaz, escoar a produção de reservatórios em águas profundas e distantes da costa.